Como formar pessoas que não fazem bullying

Precisamos nos lembrar que formar pessoas implica em transformar impulsos em capacidade de afeto, em costurar um sentido para a vida de cada um dos pequenos criando-os com autoestima. A possibilidade de afeto e de autoestima abre as portas a sujeitos que se cuidam e cuidam dos demais.

Como fazer isso?

Na simplicidade do convívio cotidiano. A capacidade de afeto se forma através dos limites firmes, bem definidos, sustentados com determinação e paciência. Resistirem a todas as frustrações e sentimentos que os limites promovem quando bem colocados e perceberem que apesar de todas as reações esdrúxulas são amados, torna-os capazes de afeto.

CLIQUE AQUI PARA LER O TEXTO COMPLETO

 

Instituto Brasileiro da Família

Instituto Brasileiro da Família

setembro 13th, 2017 VER PERFIL

Leave a Reply